De janeiro a abril, no âmbito do PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ENTRE A FORAVE E A CONTINENTAL, várias foram as visitas que levaram os alunos da escola às empresas do grupo.

Em datas diferentes, 17 e 29 de janeiro, os alunos das turmas do 1º ano do curso de Eletrónica, Automação e Comando – TEAC 18-21 – e do curso de Manutenção Industrial – TMI 18-21 – respetivamente, realizaram uma visita de estudo à empresa Continental Mabor. Cumpriu-se o objetivo da visita no que diz respeito ao conhecimento do processo produtivo do pneu, desde a receção das matérias primas, à construção e montagem das partes que constituem o pneu, vulcanização e inspeção final. Nesta iniciativa, os alunos constataram o funcionamento dos robôs da Calandra e dos robôs de Pintura de pneus, constatando in loco as principais vantagens da utilização da robótica.

No dia 31 de janeiro, os alunos do primeiro ano do Curso Técnico de Transformação de Polímeros – TTP18-21 - realizaram uma visita de estudo à Continental Mabor no domínio do módulo de Moldação – Processos e Equipamentos, com o objetivo de conhecer o processo produtivo da empresa, nomeadamente o processo de produção de um pneu.

A visita às instalações da empresa iniciou-se com uma pequena apresentação em sala acerca da história da Continental Mabor, os principais clientes e tipos de pneus produzidos. Posteriormente, iniciou-se a visita guiada às instalações onde os alunos visualizaram diversos processos: extrusão da borracha, montagem dos vários constituintes do pneu, vulcanização, inspeção final e armazenamento.

A visita de estudo realizada no dia 15 de Janeiro, à Continental – Indústria Têxtil do Ave, pelos alunos de Manutenção Industrial da turma agregada deste curso com o de Transformação de Polímeros – TTPMI 16 - inseriu-se nos domínios da disciplina de Tecnologia e Processos e teve como principal objetivo conhecer o Controlo de Condição aplicado nos equipamentos usados no processo produtivo da empresa.

A visita iniciou-se com uma pequena formação em sala orientada pelo Eng.º Rafael Castro, versando os meios e dispositivos de diagnóstico e prevenção de avarias utilizados nos equipamentos de produção. Nesta oportunidade, foi feita uma abordagem ao estudo, à medição e análise de vibrações das máquinas e avarias típicas, termografia, análise termográfica e ultrassónica. De seguida, foi efetuada uma visita ao processo produtivo da empresa onde foi possível verificar a aplicação dos meios de análise mencionados em sala.

Para além destas visitas, o curso de Gestão passou também pela Continental – Indústria Têxtil do Ave, sob diversos modos. Uma das visitas foi tutorada por ex alunas da Forave, o que nos traz grande satisfação.

A empresa atribui, todos os anos, um Estágio Profissional, como Prémio de Mérito, ao melhor aluno finalista do curso Técnico de Gestão – Produção. Quando os alunos do primeiro ano do curso visitam a empresa, a participação dos premiados na dinamização das visitas tem sido uma constante.

No dia 12 de fevereiro, o primeiro ano do curso de Gestão visitou a C-ITA, contando com a apresentação da empresa por parte do Eng.Nuno Drumond, responsável pelo CBS (Continental Business System) da C-ITA, e de Joana Oliveira, do departamento de Relações Humanas. Depois da apresentação da empresa, a ex-aluna do curso de Gestão da Forave, Catarina Ribeiro, em Estágio Profissional na empresa, dinamizou uma sessão sobre Projetos de Melhoria na C-ITA, evidenciando a sua participação durante o estágio curricular do ano letivo anterior, salientando a importância dos conceitos que são lecionados na área técnica do curso, com aplicabilidade na empresa, deixando, no final, alguns conselhos para os alunos, relacionados com o perfil profissional que as empresas necessitam no momento. Na mesma sessão, a aluna Inês Ribeiro, em estágio curricular na empresa, falou da sua experiência e participação na organização de um Workshop no departamento de Relações Humanas. A segunda parte da visita foi dinamizada pelo Eng. Nuno Drumond, proporcionado a visualização do Processo Produtivo e a aplicação de algumas ferramentas Lean na empresa. A visita à CITA é um momento muito importante para o curso de Gestão, uma vez que a empresa apadrinha o curso e potencia o desenvolvimento de projetos multidisciplinares, valorizando as competências profissionais e pessoais dos alunos.

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn